Emancipação de Itapeva

Informações

1962

Em 30 de dezembro de 1962, deu-se a emancipação através da Lei Estadual Mineira 2.764 de 30 de dezembro de 1962

Em 30 de dezembro de 1962, deu-se a emancipação através da Lei Estadual Mineira 2.764 de 30 de dezembro de 1962. Até então, era um dos Distritos da Camanducaia (como hoje os são São Mateus de Minas e Monte Verde).

Na época da emancipação de Itapeva, o prefeito de Camanducaia, o Sr. Onofre Vargas, administrava o Distrito. Não houve relutância por parte de Camanducaia para a emancipação, sendo que parte do território onde está o Bairro Campo Redondo na verdade é pertencente à Camanducaia até hoje, mas é administrado e cuidado como que se fosse de Itapeva.

Emancipado em 1° de Março de 1963, Itapeva, que antes era denominado “Vila Itapeva” desde 1948, tornou-se politicamente independente de Camanducaia/MG. O desenvolvimento se deu nas imediações da Igreja de São Sebastião, mas ao contrário de muitas cidades na região, a praça principal não fica junto à Igreja Matriz (Católica).